Negócios

Carros da Tesla serão autônomos até o fim do ano, afirma Musk

Fundador da montadora de carros elétricos afirma que tecnologia está em estado avançado, mas que depende da regulamentação para ser posta em prática

Carros da Tesla serão autônomos até o fim do ano, afirma Musk

O fundador e CEO da Tesla, Elon Musk,- AFP/Arquivos

Os carros da Tesla estarão prontos para funcionarem de forma autônoma até o fim deste ano, disse o fundador e CEO da montadora, Elon Musk. Em entrevista nesta semana, o sul-africano disse que os modelos elétricos terão capacidade para encontrar vagas de estacionamento sem a intervenção de um motorista. Atualmente, os modelos da Tesla já tem opções de piloto-automático, como acionamento de freios em situação de risco.

Ele afirmou que apesar da capacidade do carro agir de forma autônoma, atualmente, ainda é necessário um motorista a bordo para assumir o controle caso haja algum problema. Porém, este detalhe em breve também será superado, disse.

“Nós achamos que é seguro para alguém adormecer e acordar no seu destino? Provavelmente no final do próximo ano, é quando eu acho que provavelmente seria seguro o suficiente para isso.” Apesar da expectativa, o CEO da Tesla acredita que as autoridades não permitirão este tipo de autonomia em curto espaço de tempo.

Esta não é a primeira vez que Musk faz este tipo de previsão. Em 2016, ele afirmou que a tecnologia da Tesla capacitaria o percurso de forma autônoma de São Francisco até Nova York até o fim de 2017, o que acabou não se concretizando.

Para analistas do setor, as previsões de Elon Musk são muito otimistas. Segundo a Advocates for Highway and Auto Safety, entidade que reúne empresas de seguro norte-americanas, os dados apresentados até agora não indicam a viabilidade do sistema em espaço de tempo tão apertado.

Segundo o diretor de pesquisa da entidade, Shaun Kildare, os veículos da Tesla não têm tanta habilidade em detectar obstáculos como ourtros carros autônomos que estão sendo testados. Ele diz que a entidade apóia os avanços na direção autônoma, mas que esse segmento ainda precisa amadurecer.