Estilo

Carro movido a energia solar será produzido em massa e vai custar US$ 25 mil

Crédito: Divulgação

OPCIONAIS O Aptera poderá vir com kits como a barraca acoplada. Abaixo, o interior em materiais que vão do cânhamo à fibra de carbono. (Crédito: Divulgação)

Com design elegante e futurista, o Aptera é o primeiro carro movido a energia solar do mundo a ser fabricado em escala. Trata-se de um triciclo elétrico com 10 metros quadrados de células solares que geram eletricidade para abastecer o veículo na maioria das viagens diárias.

A conexão pode ser feita em dias chuvosos ou à noite, mas, diferentemente do que acontece com os EVs básicos, o Aptera requer apenas 15 minutos de carga para dirigir 240 quilômetros ininterruptamente. Basta dizer que sua autonomia, em um dia limpo e ensolarado, é de 65 km de alcance.

O novo carro é produzido com materiais como fibra de vidro, carbono, alumínio e cânhamo – a maior parte do painel é projetada para ser impressa em 3D, o que reduz ainda mais a emissão e os custos: com preço de US$ 25 mil, a startup californiana Aptera Motors já recebeu 7 mil encomendas para entrega em 2021.

(Nota publicada na edição 1213 da Revista Dinheiro)