Giro

Carro híbrido ou elétrico: Banco do Brasil reduz taxa de financiamento

Crédito: Rathaphon Nanthapreecha/ Pexels

BB reduz taxa de financiamento destinado a veículos elétricos e híbridos. (Crédito: Rathaphon Nanthapreecha/ Pexels)



O Banco do Brasil anunciou na semana passada uma redução de 0,5% nas taxas de financiamento de carros elétricos e híbridos, ampliando o catálogo de negócios sustentáveis do banco.

A novidade incentiva a compra de carros que utilizam energia limpa e renovável e contribui com o crescimento da carteira de negócios sustentáveis do BB, que já ultrapassa R$ 289 bilhões em saldo. Com crescimento de 10,8% em 12 meses, o montante equivale a quase um terço de toda a carteira de crédito do Banco.

+ Multilaser alugará motos elétricas por assinatura em parceria com startup

Financiamento 100%

Essa redução nas taxas de financiamento atenderá os carros híbridos (com motores elétricos e a combustão) e elétricos 0km ou com até 2 anos da data de fabricação.




As taxas mínimas da linha de financiamento de carros híbridos e elétricos passam a ser de 1,09% a.m. Pode ser financiado até 100% do valor do veículo, com parcelamento de 2 a 60 meses, e com possibilidade de carência de até 180 dias para pagamento da primeira prestação.

Para Barreto Jr, vice-presidente de Governo e Sustentabilidade Empresarial do Banco do Brasil, a iniciativa incentivará as pessoas a “optarem por veículos que diminuam significativamente as emissões de gases do efeito estufa”. “(A decisão de baixar os juros) contribui com a promoção de uma economia verde, de baixo carbono, e reforça nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável do nosso país”, disse em nota distribuída à imprensa.