Negócios

Caoa retoma produção na fábrica de Anápolis (GO)

Crédito: Divulgação

Caoa: fábrica de Goiás vai retomar a produção depois de adotar normas de fiscalização sanitária (Crédito: Divulgação)

A Caoa anuncia a retomada da produção na fábrica de Anápolis (GO) desde segunda-feira (22), que fora interrompida em 23 de março devido à pandemia do novo coronavírus. A montadora diz que adotou medidas rígidas de prevenção aos funcionários, em conjunto com o Sindicato dos Metalúrgicos de Anápolis e seguindo normas estipuladas pelas organizações de saúde.

Varejo e montadoras não terão socorro do BNDES

De sorteio a loja no Mercado Livre, montadoras fazem tudo para vender

Há medição da temperatura antes do acesso dos colaboradores à fábrica e eles recebem máscaras protetivas diariamente, uma para cada parte da jornada. No transporte fretado, por exemplo, é necessária a utilização de máscaras e a entrada no ônibus só será permitida após a medição de temperatura. Os veículos são higienizados a cada viagem e com quantidade de usuários reduzida para garantir o distanciamento.



A unidade tem demarcações para manter o distanciamento mínimo necessário e álcool em gel distribuído por toda a fábrica. O restaurante também foi adaptado, com ampliação do número de espaços utilizados como refeitórios, novo layout na distribuição de mesas e cadeiras, e instalação de placas divisórias nas mesas, promovendo também neste momento, maior segurança aos usuários.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago