Economia

Canadá é em geral bom vizinho, mas deve seguir regras, diz secretário dos EUA


O secretário do Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, confirmou nesta terça-feira que seu país imporá uma tarifa sobre um tipo de madeira importada do Canadá, usada para a construção de casas. Ross falou durante entrevista coletiva na Casa Branca, antes do porta-voz do governo de Donald Trump, Sean Spicer. Segundo o secretário, o Canadá é “em geral um bom vizinho, mas isso não significa que não tenha que seguir as regras”.

Ross disse que Washington tentou fazer uma negociação sobre o tema com o Canadá, mas isso não foi possível, o que levou à imposição da tarifa. Ross já tinha informado ontem que a tarifa seria aplicada retroativamente a 90 dias e ficaria em até 24%. O secretário afirmou hoje que pode haver um “pequeno aumento” no preço da madeira nos EUA, como resultado. Segundo a autoridade, porém, o custo da madeira representa uma porção pequena em relação ao custo de uma casa, por isso não deve afetar o mercado imobiliário.

O secretário afirmou também que o episódio da madeira canadense era uma mostra dos problema no Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês), que o governo Trump deseja renegociar.