Economia

Campos Neto repete que crédito para empresas menores cresceu mais na pandemia

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, repetiu nesta terça-feira, 17, que a oferta de crédito para empresas menores cresceu mais na pandemia do que a para médias e grandes empresas. Ele afirmou ainda que houve mais crédito para todos os diferentes setores da economia.



Em declarações recentes, Campos Neto já vinha defendendo as ações do BC na área de crédito durante a pandemia do novo coronavírus. No entanto, como informou o Broadcast na última sexta-feira, embora representem a maioria dos negócios no País e gerem mais empregos, as microempresas têm uma fatia de menos de 3% do crédito produtivo disponível. Na outra ponta, as grandes companhias abarcam quase 60% dos financiamentos. Na pandemia, enquanto o saldo de crédito para microempresas diminuiu em cerca de R$ 6,62 bilhões, o montante para as grandes companhias cresceu aproximadamente R$ 144,22 bilhões.

Campos Neto participa hoje de evento virtual do Bradesco BBI.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022