Edição nº 1088 21.09 Ver ediçõs anteriores

Campos iluminados

A Cemig e o Governo de Minas Gerais estão ampliando o Programa Campos de Luz. A ideia é levar energia elétrica a 250 campos de futebol amador e 50 quadras poliesportivas do Estado mineiro até o fim do ano. “O esporte pode reduzir os indíces de violência Escolhemos os campos de várzea porque o futebol amador é a modalidade mais praticada nas comunidades”, afirma Thiago de Azevedo Camargo, diretor de relações institucionais da Cemig.

(Nota publicada na Edição 1077 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Os vilões das praias

As sacolas e os canudos plásticos ganharam status de vilões dos mares por serem altamente nocivos ao meio ambiente. Mas à beira-mar o [...]

Cessar-fogo

A centenária marca de luxo britânica Burberry provocou a ira de ambientalistas ao reportar, em julho, que incinerou o equivalente a £ [...]

Chuva no Saara

Ninguém imagina, mas o árido e inóspito deserto do Saara, localizado no norte da África, já foi uma região de savanas e pradarias, com [...]

Economia da natureza

A busca pela compreensão da economia sob um viés ecológico é o pano de fundo da terceira edição do livro Economia do Meio Ambiente, [...]

Óleo amigo

A JBS Biodiesel recuperou 2,3 milhões de litros de óleo de fritura usado nos oito primeiros meses de 2018, para reutilizar como biocombustível. O volume já é 15% superior ao total coletado em 2017, quando a empresa lançou o projeto Óleo Amigo, em parceria com a JBS Ambiental, para estimular o descarte correto do óleo […]

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.