Economia

Câmara inicia votação da MP do setor elétrico, mas governo tenta derrubar votação

A Câmara iniciou a votação da medida provisória 950 do setor elétrico. O governo, no entanto, tenta derrubar a proposta com pedidos de retirada de pauta. A MP perde a validade nesta quarta-feira, 5.

Como o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, mostrou mais cedo, em último esforço para que a MP seja aprovada o deputado Léo Moraes, líder do Podemos, apresentou nesta quarta-feira novas modificações em seu relatório, já que suas sugestões não foram bem recebidas pelo governo.

A MP instituiu a isenção temporária na conta de luz de famílias de baixa renda em razão da pandemia até junho, além de abrir caminho para a operação de socorro às distribuidoras, conhecida como Conta-Covid.

No governo, a avaliação é de que não haverá prejuízos aos empréstimos para o setor caso o texto prescreva, já que o assunto já está regulamentado por decreto e resolução da Aneel. Além disso, o período de isenção na conta de luz já se encerrou no fim de junho.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?