Política

Câmara inicia análise de projeto que cria TRF-6

O plenário da Câmara retomou a votação do projeto de criação do Tribunal Regional Federal da 6ª Região. A proposta é polêmica porque traz a expectativa de geração de novos gastos para União em meio à crise e ao debate da manutenção do teto de gastos, regra que proíbe que as despesas cresçam em ritmo superior à inflação.

O Novo tenta obstruir e pediu o adiamento da votação. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), classificou a votação como “incoerência” frente ao cenário de contenção de gastos. “De fato, parece uma incoerência. Estamos preocupados com gasto e vamos criar gasto permanente. Respeito quem pensa o contrário, mas haverá aumento de despesa”, afirmou Maia na semana passada.

Para avançar desta forma, apesar da pandemia, o texto teve o apelo da bancada mineira e a demanda direta do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, autor do projeto. No projeto, ele afirma que o novo tribunal terá “estrutura inovadora, com as mais modernas técnicas de gestão e utilizará secretarias que atualmente atendem juízos de primeiro grau. Com isso não haverá alteração no orçamento da Justiça Federal”.

Especialista em administração pública e governo da Escola a de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Bernardo Oliveira Buta, discorda. Segundo ele, no curto prazo, a criação do novo tribunal pode não gerar custos, mas com o tempo haverá mais despesas com servidores, compras, entre outros detalhes.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel