Política

Câmara cassa mandato de deputada Flordelis com 437 votos

Crédito: Arquivo / Reuters

A cassação foi aprovada com os votos favoráveis de 437 deputados (Crédito: Arquivo / Reuters)

(Reuters) – A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira a cassação do mandado da deputada Flordelis, acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

A cassação foi aprovada com os votos favoráveis de 437 deputados, sendo contrários apenas 7, além de 12 abstenções, segundo a Agência Câmara de Notícias.

+ Flordelis envia carta a deputados pedindo ‘uma chance’ para se defender

O relator do processo, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), argumentou que a deputada usou o mandato para coagir testemunhas e ocultar provas, ressaltando que a análise do Conselho de Ética não entrou no mérito de quem é o culpado da morte de Anderson do Carmo.



Flordelis participou da sessão presencialmente e reafirmou sua inocência. “Quando o tribunal do júri me absolver, vocês vão se arrepender de ter cassado uma pessoa que não foi julgada”, disse a deputada, segundo a Agência Câmara de Notícias.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km