Geral

Câmara aprova projeto para controle da natalidade de cães e gatos

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 7, um projeto de lei que cria uma política de controle da natalidade de cães e gatos. O projeto, em tramitação desde 2003 na Casa, vai à sanção presidencial.

De acordo com a proposta do ex-deputado Affonso Camargo (PSDB-PR), falecido em 2011, o controle será feito por esterilização dos animais, levando em conta a superpopulação ou o quadro epidemiológico na localidade.

O atendimento prioritário será em comunidades de baixa renda. As prefeituras que não tiverem um centro de controle de zoonoses ou sem condições de executar o programa poderão fazer parcerias com entidades de proteção animal ou clínicas veterinárias.

Ao apresentar o projeto, o autor condenou a prática do extermínio de cães e gatos saudáveis como método de controle populacional e defende políticas de castração. “O povo deve ser conscientizado da necessidade de esterilizar os animais, ainda que domiciliados, para que se ponha fim à cruel e criminosa prática do abandono de filhotes indesejados, que contribui para o aumento de animais de rua e a sua consequente exposição a maus-tratos”, diz a justificativa do projeto.

O relator da proposta foi o deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), atual líder da bancada tucana na Câmara.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel