Giro

Câmara aprova PEC da Reforma Eleitoral e retoma coligações

Crédito: Pablo Valadares / Câmara dos Deputados

PEC estabelece a retomada das coligações nas eleições proporcionais (Crédito: Pablo Valadares / Câmara dos Deputados)

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (17) com 347 votos favoráveis e 135 contrários, em segundo turno, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 125/11, que estabelece a retomada das coligações nas eleições proporcionais. O texto foi aprovado em primeiro turno, por 339 a 123 votos, na última quarta-feira (11).

Além da retomada das coligações para as eleições proporcionais para deputados federais, estaduais e vereadores, o texto-base aprovado inclui mudanças na contagem de votos para mulheres e negros na Câmara, regras para o acesso ao fundo partidário e à propaganda eleitoral e a perda do mandato para deputados e vereadores que se desfiliarem da legenda.

Os deputados ainda analisam 11 destaques que podem alterar o conteúdo do texto.

+ Na Câmara, Braga Netto diz que não houve ditadura no Brasil quando militares comandaram país



Se aprovada nos dois turnos da Câmara dos Deputados, a proposta será enviada para o Senado, onde precisará ser votada também em dois turnos. A PEC precisa ser promulgada até o início de outubro, um ano antes do pleito, para valer nas eleições de 2022.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km