Economia

Caixa mira loteadoras e urbanizadoras com faturamento anual superior a R$ 15 mi

A Caixa Econômica Federal mira loteadoras e urbanizadoras com faturamento fiscal anual superior a R$ 15 milhões no âmbito da linha de crédito que está lançando para produção de lotes urbanizados e desenvolvimento urbano. Batizado de Produlote, o produto é o primeiro com este fim e tem contratação imediata de R$ 1,5 bilhão, conforme anunciou na segunda-feira, 7, o presidente do banco, Gilberto Occhi.

A linha de crédito vai financiar, conforme comunicado à imprensa, até 70% do custo da infraestrutura do loteamento e é limitada a 50% do valor global de vendas. Para ter acesso aos recursos, as empresas têm de contar com toda a infraestrutura no local exigida pelo poder público e ainda cumprir as diretrizes emitidas pelas concessionárias, que incluem limpeza do terreno, implantação de redes de água, esgoto e distribuição de energia elétrica.

Os empreendimentos têm de estar inseridos, de acordo com a Caixa, na área urbana, e terem autorização do poder público e municipal ou estadual. Também terá de contar com as autorizações das concessionárias e órgãos do meio ambiente.

A liberação de recursos no âmbito do Produlote será feita conforme o cronograma físico-financeiro da obra, cujo prazo é de até 24 meses. As empresas contempladas na modalidade possuem ainda mais seis meses de carência pós-obra e mais 48 meses para quitar o empréstimo.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km