Economia

Caixa libera 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em julho na quarta-feira (12)

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Na data, quem tiver direito aos R$ 600 poderá utilizar o valor para compras e pagamentos de contas pelo cartão virtual do aplicativo Caixa Tem (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal pagará em conta digital da terceira prestação do auxílio emergencial para quem nasceu em julho na quarta-feira (12). Na data, quem tiver direito aos R$ 600 poderá utilizar o valor para compras e pagamentos de contas pelo cartão virtual do aplicativo Caixa Tem.

+ Nascidos em outubro recebem 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (19)
+ Nascidos em setembro recebem a 4° parcela do auxílio nesta segunda-feira (17)

O banco público também vai liberar a 3ª parcela do auxílio para quem nasceu em agosto. Esse dinheiro entrará na conta digital na sexta-feira (14).

O valor referente à 3ª parcela para os nascidos em julho poderá ser sacado em dinheiro no dia 27 de agosto. Essa é a regra do calendário do Ciclo 1 da Caixa.



O banco vai pagar ainda a primeira, segunda ou quarta parcela dos R$ 600 na quarta-feira (12) para os nascidos em julho que aguardam esta prestação.

O Ciclo 1 apresenta a liberação dos créditos pelo mês de aniversário dos beneficiários. Portanto, todos aqueles que nasceram em julho e aguardam a 1ª, 2ª, 3ª ou a 4ª prestação deverão receber o valor na quarta-feira.

A quinta parcela começará a ser liberada apenas no dia 28 de agosto, para nascidos em janeiro, conforme o calendário do Ciclo 2 da Caixa.

Confira a sua situação do cadastro do auxílio aqui e veja abaixo o calendário de pagamentos completo do Ciclo 1:

Calendário de pagamentos para o Ciclo 1
Calendário de pagamentos para o Ciclo 1 (Crédito:Divulgação)

Contestação

Acabou o prazo para novos pedidos do auxílio emergencial. Isso ocorreu no dia 2 de julho. Se você teve o seu pedido negado, existe a possibilidade de contestação da negativa pelo site da Dataprev.

Este canal poderá ser utilizado por quem era menor de idade e completou 18 anos recentemente, ou ex-servidores públicos ou ex-militares que perderam esse vínculo com o Estado ou pessoas que perderam o emprego e não têm direito a auxílio-desemprego ou não recebem o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda.

Para outras situações, os caminhos para a contestação são o site da Caixa Econômica Federal, o aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial e a solicitação via Defensoria Pública da União (DPU).

 

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km