Economia

Caixa eleva comprometimento de renda no crédito imobiliário pelo IPCA

Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Caixa: mutuários que financiarem imóveis com correção pelo IPCA poderão comprometer até 22% da renda com as prestações (Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Os mutuários que financiarem imóveis em linhas corrigidas pela inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) poderão comprometer até 22% da renda com as prestações, anunciou hoje (20) o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Até agora, o limite estava em 20%.

Guedes: Até fim do ano, vem entre R$ 200 bi e R$ 300 bi em crédito para empresas

Por veto ao reajuste para servidores, governo vai ampliar uso de emendas

Guimarães fez o anúncio em evento ao vivo promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) na internet. Ele informou que o percentual pode ser aumentado mais uma vez, para 25%. Segundo o presidente da Caixa, a nova elevação está sendo avaliada pelos diretores do banco.

Lançada há um ano, a linha de crédito imobiliário atrelada ao IPCA opera com limite inferior ao das linhas prefixadas (onde os juros são definidos na assinatura do contrato e não variam). No crédito imobiliário prefixado, o mutuário pode comprometer até 30% da renda com as prestações.

Balanço

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

O presidente também apresentou um balanço sobre a liberação de crédito imobiliário pelo banco. No acumulado de 2020, a instituição emprestou cerca de R$ 20 bilhões nas linhas operadas com recursos o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). O montante equivale a quase o total do ano passado, quando o banco tinha emprestado R$ 26,6 bilhões em crédito imobiliário com recursos do SBPE.

Segundo Pedro Guimarães, o desempenho nos oito meses do ano permite afirmar que o banco fechará o ano com crescimento no crédito imobiliário, apesar da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel