Geral

Caiu em uma propaganda enganosa? Saiba o que fazer

Crédito: Arquivo / Agência Brasil

Com o crescimento do comércio eletrônico, as pessoas precisam ter ainda mais cuidado com as especificações e características dos produtos (Crédito: Arquivo / Agência Brasil)

Muitos consumidores já compraram um produto de qualidade inferior ou diferente do anunciado. Com o crescimento do comércio eletrônico, as pessoas precisam ter ainda mais cuidado com as especificações e características dos produtos. Veja o que fazer nesses casos.

O diretor-geral do Procon-DF, Marcelo Nascimento, explicou ao Correio Braziliense que a pandemia teve grande influência no aumento de anúncios enganosos. De acordo com ele, produtos incríveis com preço muito abaixo do padrão geralmente são sinais de problemas.

+ Você sabe usar o WhatsApp para o trabalho? Veja dicas aqui
+ Veja os 5 produtos para ficar de olho na Black Friday

Nascimento alerta ainda que é preciso verificar se o site é confiável e se tem muitas reclamações. O diretor aconselha também a verificar as especificações do produto como cor, tamanho, peso e dimensões.

A advogada especialista em direito do consumidor Amanda Caroline explica que o primeiro passo ao perceber algum engano é entrar em contato com a empresa.

Também é importante documentar o processo de compra com provas. O consumidor pode tentar contato diretamente com o vendedor ou empresa, solicitando providências.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel