Economia

Caged: Bebedouro lidera ranking do emprego com 1.930 novas vagas; Rio perdeu 976

A cidade paulista de Bebedouro liderou o ranking do emprego no mês de julho. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que a cidade de 75 mil habitantes na região de Ribeirão Preto criou 1.930 empregos com carteira assinada, mais que a própria capital paulista que registrou 1.906 novos postos e ficou em segundo lugar na lista. O Rio de Janeiro, por outro lado, teve a destruição de 976 empregos, o que deu à cidade o pior desempenho entre todos os municípios brasileiros.

Segundo os dados do Caged, os empregos criados na cidade de Bebedouro foram no setor agropecuário – responsável por 1.995 empregos – e na indústria – com outros 16 postos. Todos os demais segmentos tiveram redução ou estabilidade no emprego. A construção civil no município, por exemplo, fechou 37 empregos e o comércio bebedourense demitiu 27 pessoas.

Além de Bebedouro e da cidade de São Paulo, a lista dos líderes do emprego no mês passado também conta os municípios de Goiânia (1.897 vagas) e as localidades mineiras de Rio Parnaíba (1.685 postos) e Belo Horizonte (1.594 vagas).

Por outro lado, o Rio de Janeiro continua com firme redução do número de empregos formais com a perda de 976 vagas com carteira assinada no mês de julho. Logo atrás, ficaram as cidades pernambucanas do Recife (-863 empregos) e Jaboatão dos Guararapes (-852).

Tópicos

CAGED cidades julho