Negócios

Cade retira cautelar que impedia sistema de pagamento do WhatsApp

Crédito: Divulgação/WhatsApp

Reprodução do novo sistema de envio de dinheiro pelo WhatsApp (Crédito: Divulgação/WhatsApp)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) retirou medida cautelar que travava o sistema de pagamento feito pelo WhatsApp em parceria com a Cielo. Nesta terça-feira (30), o órgão disse que vai seguir investigando a parceria.

Mesmo com a liberação do Cade, o serviço de pagamentos deve seguir suspenso no Brasil, já que o Banco Central havia bloqueado o recurso no último dia 23, por questões relacionadas às bandeiras Visa e Mastercard.

+ WhatsApp diz que transferências e pagamentos ficarão disponíveis “o mais breve possível” após conversa com o BC
+ WhatsApp quer ser seu novo banco

O superintendente-geral do Cade, Alexandre Cordeiro Macedo, indicou que os fundamentos que embasaram a medida cautelar não existiam e, por isso, ela deveria ser revogada.

Ainda assim, a investigação seguirá seu curso para que se confirme se existe algum tipo de vantagem no serviço oferecido pelo WhatsApp com a Cielo e os concorrentes acabem em desvantagem.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?