Economia

Cade e Andrade Gutierrez fazem acordo para encerrar investigação de cartel

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) firmou acordo com a construtora Andrade Gutierrez para encerrar investigação de cartel na construção e reformas de portos e terminais aquaviários. A empresa pagará R$ 8,2 milhões.

A investigação foi originada na Operação Lava Jato. O Cade instaurou inquérito em 2017 depois de denúncia feita em acordo de leniência firmado por outra empresa, que não teve o nome divulgado.

A suspeita foi que construtoras, incluindo a Andrade Gutierrez, formaram um conluio pelo qual fixavam preços, combinavam estratégias para participação em licitações e dividiam os mercados.

“As condições negociadas seguem as mesmas diretrizes deste conselho nos casos da Lava Jato”, afirmou o presidente do Cade, Alexandre Barreto.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira durante a 1ª reunião virtual do Cade.

Devido à pandemia do coronavírus, cada conselheiro participa de sua casa, assim como advogados que fazem sustentação oral nos processos.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel