Negócios

Cade define como “complexa” a operação de venda da Oi

Crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado

Cade analisa venda de ativos da Oi, que pediu recuperação judicial (Crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) declarou nesta sexta-feira (23) que a venda das operações da Oi para as rivais Tim, Telefônica Brasil e Claro, da América Móvil, é “complexa”.

Em comunicado divulgado em seu site, o órgão diz que sua superintendência pode pedir uma extensão do prazo para analisar o caso.

+ Cade aprova compra de Empiricus e Vítreo pelo BTG Pactual

+ Academia Brasileira de Letras lança nova edição online do Volp



Tim, Claro e Telefônica Brasil venceram, em dezembro de 2021, o leilão para comprar as operações de telefonia móvel da Oi por R$ 16,5 bilhões. A Oi pediu recuperação judicial em 2016 e busca levantar ativos para pagar credores.

Apesar de a classificação como “complexo” aumentar as chances de rejeição ou aprovação com restrição, a decisão final cabe ao colegiado do Cade.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago