Negócios

Cade aprova compra do Buscapé pelo rival Zoom

A Naspers tentava vender o Buscapé desde 2015, mas negou as ofertas que recebeu por estarem abaixo dos US$ 342 mi que pagou em 2009 por 91% de participação

Cade aprova compra do Buscapé pelo rival Zoom

Em maio deste ano, o conglomerado de mídia sulafricano Naspers anunciou a venda de um de seus principais ativos no Brasil, o site de comparação de preços Buscapé, para seu concorrente, o Zoom. Porém o negócio dependia de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que analisava se a aquisição poderia causar monopólio do setor de sites compiladores de preço. Meses depois do primeiro anúncio, o órgão governamental aprovou a transação.

Para além da mudança de controle do Buscapé, o grupo controlador do Zoom, o Grupo Mosaico também irá receber o grupo GWHC, que controla o portal de moda e beleza Modait, e tem participações minoritárias na Innoventures, operadora do site Cuponeria e do Compara Online. O valor do negócio não foi divulgado.

A Naspers tentava vender o Buscapé desde 2015, mas negou as ofertas que recebeu por estarem abaixo dos US$ 342 milhões que pagou em 2009 por 91% de participação na empresa brasileira. No Brasil, a empresa divide controle do site de anúncios OLX com o grupo norueguês Schibsted.