Negócios

Cade aprova aquisição de ações da BRF pela Marfrig sem restrições

Crédito: Divulgação/Marfrig

Marfrig elevou sua participação na BRF para aproximadamente 31,66% por meio de leilão na B3 (Crédito: Divulgação/Marfrig)

Por Nayara Figueiredo

SÃO PAULO (Reuters) – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) emitiu parecer aprovando, sem restrições, a aquisição de ações da BRF pela Marfrig Global Foods, conforme comunicado divulgado nesta quinta-feira pela Marfrig.

Em junho, a processadora de carne bovina elevou sua participação na empresa de alimentos BRF para aproximadamente 31,66%, por meio de leilão na B3.

+ IPCA-15 tem maior alta em 27 anos para setembro e vai acima de 10% em 12 meses
+ O primeiro bilhão da FlexPag



Um mês antes, a companhia já havia feito um movimento para compra de 24,23% no capital da BRF.

Quando a última negociação foi anunciada, a Marfrig ressaltou que não pretendia eleger membros para o conselho de administração ou exercer influência sobre as atividades da BRF e que não celebrou quaisquer contratos ou acordos que regulem o exercício de direito de voto.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km