Geral

“Caçadores da terceira dose” são investigados em 7 estados, diz jornal

Crédito: Pixabay

Pessoas que tomam a terceira dose de vacina contra covid-19 atrasam toda a imunidade coletiva do País (Crédito: Pixabay)

Depois do “sommelier” de vacina e do “fura-fila”, o Brasil enfrenta também os “caçadores da terceira dose”. Em um momento em que nem metade da população recebeu a primeira dose de alguma vacina contra a covid-19, Ministérios Públicos de sete estados acompanham casos de fraude na vacinação, segundo apuração do Jornal Extra.

O ato de burlar a fila para tomar uma terceira dose pode ser considerado fraude e estelionato, o que pode acarretar multa e até privação de liberdade.

+ Brasil tem mais de 95 milhões de vacinados com ao menos a 1ª dose contra a covid

+ Manifestantes fazem atos pelo país por vacinação e contra presidente



Em Minas Gerais, o Ministério Público (MP) entrou com uma ação contra um casal que foi imunizado três vezes – duas em Belo Horizonte e uma terceira em Rio Novo, onde possuem uma fazenda. Em Viçosa, um homem recebeu duas doses de CoronaVac e viajou ao Rio para tomar uma dose de AstraZeneca. Em Guaxupé, um idoso de 75 anos conseguiu liminar na Justiça para tomar uma terceira dose – a liminar foi suspensa a partir de um recurso do MP.

Embora não existam estudos que comprovem que uma terceira dose seja prejudicial à saúde, esta é uma prática que atrasa a imunidade coletiva e um ato, ao menos, antiético.

Um estudo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) encontrou registros de que 29.570 pessoas em todo o Brasil receberam ao menos três doses de vacina. No entanto, há indício de erros em registros nos dados do Ministério da Saúde, o que pode comprometer a exatidão dos números, mas não a frequência da prática.

São Paulo é o estado que concentra o maior número de casos na pesquisa da Ufal: 4.870, seguido por Paraná (2.689), Rio Grande do Sul (2.416) e Bahia (2.038).

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago