Giro

C6 Bank: Polícia investiga desvio de R$ 23 milhões feito por correntistas

Crédito: Divulgação

Correntistas teriam desviado R$ 23 milhões do C6 Bank (Crédito: Divulgação)

A Polícia Civil de São Paulo investiga o desvio de R$ 23 milhões no C6 Bank numa possível falha nos sistemas, beneficiando em torno de 5 mil correntistas do banco.

A fraude foi divulgada pela Veja e aponta como origem do desvio o serviço CDB Crédito do C6 Bank. Nesse produto, o usuário tem como limite de crédito o mesmo valor que aplicou no Certificado de Depósito Bancário (CDB), um investimento de renda fixa; com o limite máximo de R$ 10 mil concedido pelo banco, não importando se o valor aplicado no CDB for maior que isso.



+ Agenda Tributária: Veja suas obrigações com o fisco no mês de maio

O CDB Crédito bloqueia parte do valor investido pelo cliente até o pagamento da fatura. E foi nesse ponto em que ocorreu o desvio. Os correntistas investigados, em sua maior parte moradores da Baixada Fluminense (RJ), encontraram uma maneira de usar todo o limite do cartão de crédito e ao mesmo tempo conseguir resgatar todo o valor investido na renda fixa.

A investigação da Polícia tenta apurar se o golpe foi orquestrado por criminosos especializados nesse tipo de fraude, ou se o problema foi descoberto por um morador do local onde se concentraram os desvios, com a informação sendo passada para várias pessoas.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


As contas envolvidas agora estão com um débito junto ao C6 Bank no valor desviado e também correm o risco de serem bloqueadas pela Justiça.

O C6 Bank foi contatado pela reportagem de ISTO É DINHEIRO, mas não quis comentar sobre o caso.