Giro

Butantan pergunta à Saúde quantas doses da vacina serão destinadas a São Paulo

O Instituto Butantan confirmou ter recebido o ofício do Ministério da Saúde com o pedido de entrega “imediata” das 6 milhões de doses da Coronavac, e informou que questionou a pasta nesta sexta-feira (15), sobre a quantidade de doses do imunizante que será destinada ao Estado de São Paulo.

De acordo com nota enviada pelo Instituto, “é praxe que uma parte das doses permaneça em São Paulo, o Estado mais populoso do Brasil”. Segundo o Butantan, ele agora aguarda manifestação do Ministério também em relação às doses da vacina.

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta tarde que cerca de 4,5 milhões de doses da Coronavac – vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac – seriam encaminhadas para o Ministério para que fossem incorporadas ao Plano Nacional de Imunização (PNI) do governo federal, enquanto que o restante, 1,5 milhão de doses, ficariam no Estado para aplicação.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel