Negócios

Burger King amplia entregas com delivery próprio e promete cupons exclusivos

Crédito: Renan Lima/Divulgação

Burger King registrou novo recorde de vendas digitais no terceiro trimestre do ano passado (Crédito: Renan Lima/Divulgação )

Com uma plataforma própria de delivery, o Burger King pretende aumentar a conectividade com os seus consumidores no Brasil. O plano de expansão segue em linha com as projeções da companhia, que registrou novo recorde de vendas digitais no terceiro trimestre de 2021, totalizando R$ 231,4 milhões. A empresa afirma que continuará com o iFood.

De acordo com a empresa, os principais diferenciais dessa nova ferramenta é que, além da experiência de ponta no atendimento, os consumidores ainda possuem ofertas e cupons exclusivos.



+ iFood começa a fazer entrega com drones no Nordeste

Para a gestão das entregas via delivery próprio, o BK possui um Hub Logístico, com atuação em cerca de 45% dos restaurantes da rede em 100 cidades do Brasil.

Clientes dessas regiões já podem conferir a disponibilidade do serviço para usufruir da nova funcionalidade. A expectativa é que até o final do primeiro trimestre de 2022, o delivery próprio do Burger King cresça 40% em termos de território, com presença em 140 cidades.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


“Estamos capitaneando a revolução para foodtech no país. O início da nossa atuação com delivery próprio vai muito além de apresentar uma nova opção de compra para os nossos consumidores. Nós queremos oferecer preços ainda mais competitivos e as melhores experiências, desde o atendimento até a qualidade dos produtos, para que o BK siga como uma referência de atuação digital no setor de fast-food do Brasil”, reforça Alexandre Cezilla, Diretor de Vendas do Burger King do Brasil.

Para consultar os restaurantes participantes do BK Delivery, acesse o site e informe o seu endereço.