Estilo

Bugatti desiste de atingir recordes de velocidade após passar dos 480 km/h

Em um comunicado emitido após a quebra do recorde no circuito de Le Mans, na França, o presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann, disse que a marca deixará de buscar recordes de velocidade

Bugatti desiste de atingir recordes de velocidade após passar dos 480 km/h

A Bugatti é a montadora de carros luxuosos cujos modelos são conhecidos por atingirem velocidades surreais para carros de rua. O último recorde da marca italiana foi ultrapassar a célebre barreira das 300 milhas por hora (482 km/h) com o Bugatti Chiron, que se tornou o primeiro veículo de passeio a atingir a marca, porém a montadora quer parar por ai na sua busca por recordes.

Em um comunicado emitido após a quebra do recorde no circuito de Le Mans, na França, o presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann, disse que a marca deixará de buscar recordes de velocidade. “A Bugatti mostrou novamente do que é capaz. Nosso objetivo era ser a primeira fabricante a atingir a mágica velocidade de 300 milhas por hora [em um carro de rua]. Agora que conseguimos isto, vamos focar no futuro em outras áreas”.

A nota completa dizendo que a companhia agora irá focar em outras áreas do carro – reiterando que eles continuarão sendo altamente rápidos. O foco agora será na construção e no design dos carros, além de aumentar opções de luxo dos bólidos. Ao que parece, o novo recorde que a Bugatti busca não é nas pistas, mas sim nas contas bancárias: no início deste ano, a marca vendeu o carro mais caro da história, por € 11 milhões (R$ 49 milhões), o Bugatti La Voiture Noir.