Giro

BTG conquista maior escritório de agentes autônomos da XP Investimentos

Crédito: Divulgação

Com a compra do BTG, Juliano Custódio, da EQI, e Guilherme Benchimol, da XP, encerram uma parceria que se iniciou em 2003, nos primeiros anos da XP no mercado (Crédito: Divulgação)

Principal concorrente da XP Investimentos no mundo das finanças, o BTG Pactual fechou negócio com um dos três maiores escritórios de agentes autônomos de investimento (AAI) ligados à companhia liderada por Guilherme Benchimol, a EQI Investimentos.

Apesar de não haver uma confirmação de quanto foi movimentado na operação que dará ao BTG 49% de participação na EQI (sigla para Eu Quero Investir), fala-se nos bastidores que o BTG desembolsou R$ 200 milhões. A ideia é transformar o escritório em uma corretora, o que precisará de aval do Banco Central.

+ BTG anuncia oferta de R$ 2,5 bi e quer expandir atividades no varejo digital
+ ‘Quero investir sem conflito de interesses’
+ Dono da XP, Benchimol entra para o top 20 bilionários do Brasil

Essa troca deve acontecer em 60 dias, onde a EQI seguirá prestando serviços à XP e, após esse prazo, passará a ser um escritório de AAI ligado ao BTG. São 340 assessores operando na EQI, que possui sede em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e conta com uma base de 40 mil clientes e R$ 9,5 bilhões em ativos sob gestão.

Apenas para se ter uma ideia do tamanho da XP no mercado de AAI, a companhia conta com pelo menos 500 escritórios distribuindo seus produtos de investimentos, enquanto o BTG teria pouco mais de 60 escritórios. São cerca de 7 mil agentes autônomos (dos 8 mil certificados na Ancord) ligados à XP.

BTG luta por mercado dominado pela XP

Essa não é a primeira vez que acontece uma troca de parceiros deste tipo, já que desde 2018 foram mais de 15 CNPJs de escritórios de agentes autônomos migrando da XP para o BTG. Recentemente, segundo a Exame, outros sete escritórios foram formados por dissidentes de parceiros da XP e estão ligados ao BTG.

Juliano Custódio, presidente da EQI, trabalhou nos anos iniciais da XP, em Porto Alegre. Ele foi gerente regional da empresa entre 2003 e 2008, quando saiu da corretora para formar o site educacional Eu Quero Investir.

Em entrevista ao Valor Investe, Custódio disse que o escritório recebeu uma proposta irrecusável e que lhes daria a chance de deixar de ser um AAI para ter a própria instituição financeira.

O desafio agora será convencer os 40 mil clientes que estão na base da EQI a migrarem para os serviços do BTG, já que essa troca não é automática.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago