Giro

Brumadinho: após pleito de sindicato, Vale diz ter acordos com 1,6 mil familiares

A Vale divulgou nota nesta sexta-feira, 23, reforçando que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas da tragédia da barragem de Brumadinho (MG) de forma rápida e responsável. E que, desde 2019, firmou 681 acordos trabalhistas, envolvendo mais de 1,6 mil familiares de vítimas.

A nota foi divulgada após o Sindicato Metabase Brumadinho ter recorrido ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª Região (MG) solicitando a elevação de R$ 1 milhão para R$ 3 milhões no valor da indenização a ser paga pela Vale por dano moral sofrido por cada trabalhador morto no rompimento da barragem.

“As indenizações trabalhistas têm como base o acordo assinado entre a empresa e o Ministério Público do Trabalho, com a participação dos sindicatos, que determina que pais, cônjuges ou companheiros(as), filhos e irmãos recebam, individualmente, indenização por dano moral”, informou a mineradora na nota.

A empresa acrescentou que paga seguro adicional por acidente de trabalho aos pais, cônjuges ou companheiros e filhos, individualmente, e ainda dano material ao núcleo de dependentes. Também é pago auxílio creche e educação para crianças, além de plano de saúde aos cônjuges ou companheiros e aos filhos até 25 anos.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago