Giro

BRT do Rio de Janeiro paralisa serviços hoje

Crédito: Prefeitura do Rio de Janeiro

A paralisação dos serviços do BRT provocou aglomerações no sistema de ônibus comum (Crédito: Prefeitura do Rio de Janeiro)

O BRT (linha rápida de ônibus) do Rio de Janeiro paralisou na manhã hoje (1º) os serviços de seus três corredores (Transoeste, Transcarioca e Transolímpica). Segundo a BRT Rio, concessionária responsável pelos serviços, a paralisação ocorreu devido à greve de motoristas.

A empresa informa que a mobilização dos motoristas acarretou irregularidades nos intervalos e isso inviabilizou o funcionamento do sistema. Por isso, a empresa interrompeu a circulação de seus ônibus.



+ Caminhoneiros: rodovias federais têm fluxo livre, afirmam Infraestrutura e PRF
+ Escolas podem reabrir a partir de hoje em SP

O BRT Rio diz que está atravessando uma grave crise econômico-financeira, devido a fatores como a pandemia de covid-19 e o congelamento de tarifa há dois anos. Por isso, não tem recursos para pagar a segunda parcela do salário de janeiro dos funcionários, nem para comprar insumos como combustível.

A prefeitura do Rio de Janeiro fez um apelo para os motoristas voltarem a trabalhar, informou que conversará com os envolvidos na mobilização e disse esperar que não seja uma paralisação combinada entre empresa e rodoviários.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



A paralisação dos serviços do BRT provocou aglomerações no sistema de ônibus comum.