Economia

Brics: ‘Só somos competitivos quanto somos abertos a mais comércio’, diz Temer

O presidente Michel Temer fez nesta quinta-feira, 26, uma defesa da abertura econômica internacional dos países ao discursar na abertura da 10ª Cúpula dos Brics, na África do Sul, em meio à guerra comercial travada entre os Estados Unidos e a China, os parceiros comerciais mais relevantes do Brasil. “Só somos competitivos quanto somos abertos, a mais comércio, mais investimento e ideias mais arejadas”, disse Temer.

Sem citar a disputa, Temer afirmou que as transformações em curso nas relações internacionais têm impacto direto no dia a dia das nações. Ele citou que o Brasil tem defendido os princípios do livre mercado.

“Resgatamos a ideia do livre mercado com nossos sócios do Mercosul. Estamos eliminando barreiras, ao invés de erguê-las. Abrimos novas frentes com países da Aliança para o Pacífico, Coreia do Sul, Singapura, Canadá, Associação Europeia de Livre Comercio, Marrocos e Tunísia.

Temer também destacou que os avanços na negociação de um acordo entre o Mercosul e a União Europeia – que tem cerca de trinta pontos ainda em debate.

“Nunca estivemos tão perto de concluir o acordo Mercosul/União Europeia. Buscamos mais abertura e modernização de nossa economia”, disse o presidente brasileiro.

Tecnologia

Temer também destacou em seu discurso investimentos em educação e capacitação de pessoas como fundamental para enfrentamento da 4ª Revolução Industrial, tema da 10ª Cúpula do Brics. “A natureza e as implicações da quarta revolução industrial devem ser parte relevante de nossa agenda comum”, afirmou.

O presidente disse que seu governo se empenhou a aprimorar o ensino em diferentes níveis e citou as reformas, como a do ensino médio. Segundo ele, o modelo adotado “privilegia a autonomia do aluno”.

Temer também afirmou que o Brasil tem um ambiente de negócios favorável a empresas de tecnologia e que o governo desenvolve programas que colocam o País entre os que mais investem em pesquisa e desenvolvimento.

“O ambienta para as startups floresce no Brasil. Vimos surgir três empresas nesse ano que já valem mais de 1 bilhão de dólares”, citou.

Temer ressaltou que o objetivo maior do bloco do Brics deve ser o compartilhamento do desenvolvimento: “Os amigos do Brics podem contar com o apoio do meu País nesse campo.”

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?