Economia

Programa para capacitar jovens terá auxílio de R$ 600, diz Guedes

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Segundo o ministro, o objetivo é preparar jovens para o mercado de trabalho formal, permitindo que eles recebam uma ajuda de custo de R$ 600 para trabalhar (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (26) que o governo federal deve lançar, em breve, um novo programa de incentivo à qualificação da mão de obra. Segundo o ministro, o objetivo é preparar jovens para o mercado de trabalho formal, permitindo que eles recebam uma ajuda de custo de R$ 600 para trabalhar e, assim, conquistar uma profissão.

“Estamos lançando um olhar justamente para evitar o que, no mercado de trabalho, se chama de Efeito Cicatriz”, disse o ministro, se referindo ao termo usado por especialistas para explicar os prejuízos à evolução profissional que costumam afetar quem ingressa de forma precária no primeiro emprego.

+ SP renova fase de transição da quarentena e fará eventos-teste com público em junho
+ Covid-19: SP anuncia vacinação de funcionários de aeroportos e portos

De acordo com o ministro, a proposta do Ministério da Economia é, por meio da parceria com empresas interessadas, pagar R$ 600 aos beneficiários do programa. Metade do valor será pago pelo governo, metade pelos empregadores, que também teriam que oferecer meios de capacitar esta mão de obra.



“A ideia básica é que o governo pague R$ 300 e as empresas mais R$ 300. Ou seja, as empresas pagarão para para treinar [os jovens], que serão qualificadas para desempenhar o que, depois, serão seus empregos”, comentou Guedes, explicando que a iniciativa só não foi lançada ainda por questões orçamentárias.

“Temos os recursos para este ano, mas queremos que seja um contrato de [trabalho de] pelo menos um ano. Então, em vez de lançar um contrato de seis meses [só até o fim deste ano], estamos tentando obter fontes [de recursos financeiros] para que o jovem fique coberto por este programa de treinamento no trabalho por pelo menos um ano”, disse Guedes, assegurando que o ministério já vem conversando sobre a iniciativa com algumas “importantes empresas”.

Assista na TV Brasil

Essas medidas já vêm sendo anunciadas pela equipe econômica há alguns meses, embora sem detalhamentos. Já no começo de maio, Guedes disse que o Bônus de Inclusão Produtiva (BIP) e o Bônus de Incentivo à Qualificação da Mão de Obra (BIQ) protegerão os chamados “cidadãos invisíveis”, que não estão cobertos nem pelo programa Bolsa Família, nem pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). Discurso que ele repetiu hoje, ao anunciar os resultados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos ao mês de abril.

“Protegemos os ‘invisíveis’ com o auxílio emergencial. Agora, com nossas políticas de emprego, precisamos cuidar dos milhões de brasileiros que não conseguiram [ingressar] no mercado formal de trabalho”, acrescentou o ministro.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

3 parcela auxilio emergencial 2021 3 parcela do auxilio emergencial 3 parcela do auxílio emergencial 2021 auxilio contestar auxílio emergencial auxilio emergencial 2020 regras auxílio emergencial 2021 auxílio emergencial 2021 inscrição auxilio emergencial 2021 vai ser prorrogado? auxílio emergencial 3 parcela auxílio emergencial até dezembro auxilio emergencial calendário 3 parcela auxilio emergencial contestação auxilio emergencial gaucho auxilio emergencial minas gerais auxilio emergencial santa catarina auxilio emergencial sc auxílio emergencial terceira parcela auxilio.caixa.gov.com .br bb auxilio emergencial caixa.gov.br auxilio emergencial calendario 3 parcela auxilio 2021 calendário auxílio emergencial 2021 3 parcela calendário auxílio emergencial 3 parcela calendario bolsa familia 2021 calendario da 3 parcela auxilio emergencial 2021 calendario da segunda parcela do auxilio 2021 calendário da terceira parcela do auxílio emergencial calendario de saque auxilio emergencial 2021 calendários do auxilio emergencial calendários do auxilio emergencial 2021 Capacitar cidadania.gov.br auxilio emergencial como contestar o auxílio emergencial como contestar o auxílio emergencial 2021 pelo caixa tem como declarar auxilio emergencial como declarar auxilio emergencial no imposto de renda 2021 como declarar o auxilio emergencial no imposto de renda como fazer cadastro auxilio emergencial 2021 como pedir auxilio emergencial consulta auxilio emergencial 2020 consultadataprev.gov.br auxilio emergencial contestação contestar auxílio emergencial contestar cancelamento auxilio emergencial ctps digital dataprev.gov.br consulta devolução auxilio emergencial imposto de renda devolução do auxilio emergencial pode ser parcelado economia Efeito Cicatriz extrato auxilio emergencial 2020 extrato auxilio emergencial irpf informe auxilio emergencial informe auxilio emergencial 2020 informe de rendimentos informe de rendimentos auxilio emergencial informe de rendimentos auxilio emergencial 2020 informe rendimentos auxilio emergencial jovens Ministério da Cidadania Ministério da Economia nao estou conseguindo contestar meu auxilio onde contestar auxílio emergencial negado onde declarar o auxilio emergencial Paulo Guedes pedir auxilio emergencial 2021 portal.dataprev.gov.br auxilio emergencial programa quem recebeu auxílio emergencial precisa declarar imposto de renda? quem tem direito ao auxílio emergencial 2021? R$ 600 simei telefone auxilio emergencial 2021 terceira parcela do auxílio emergencial www dataprev.gov.br auxilio emergencial