Giro

Brasil já identificou novas variantes em exames de 204 pacientes com coronavírus

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

São 20 casos da variante do Reino Unido e 184 da brasileira, originada no Amazonas. Ainda não há registro da variante da África do Sul (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Novas variantes do coronavírus não param de surgir. Nesta terça-feira (23), o Ministério da Saúde informou que foram registrados 204 casos de variantes do vírus SARS-CoV-2 no Brasil. Os dados são até 20 de fevereiro de 2021. Foram identificados registros das variantes do Reino Unido e do Amazonas. Não há registro da variante da África do Sul.

Do total das notificações, foram identificados 20 casos da variante do Reino Unido, sendo: São Paulo (11), Bahia (6), Goiás (2), Rio de Janeiro (1). Após investigação epidemiológica foi constatado que dois casos anteriormente informados como sendo do Distrito Federal são de Goiás, uma vez que os pacientes são residentes de cidades deste estado.

+ Governo de São Paulo deve anunciar lockdown das 22h às 5h em todo o Estado

Em relação à variante identificada originalmente no Amazonas, foram notificados 184 casos, sendo: Amazonas (60), São Paulo (28), Goiás (15), Paraíba (12), Pará (11), Bahia (11), Rio Grande do Sul (9), Roraima (7), Minas Gerais (6), Paraná (5), Sergipe (5), Rio de Janeiro (4), Santa Catarina (4), Ceará (3), Alagoas (2), Pernambuco (1) e Piauí (1).



Até o momento, não há registro da circulação da variante descoberta na África do Sul. Devido à constante investigação epidemiológica e novas notificações, os dados estão sujeitos a alterações.

De acordo com o ministério, foi constatado que as linhagens mais prevalentes circulantes no Brasil desde o início da pandemia são B.1.1.28 e B.1.1.33. Essas cepas não são consideradas como variantes de atenção, caracterizadas quando as mutações ocasionam alterações relevantes clínico-epidemiológicas, como maior gravidade e maior potencial de infectividade.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel