Giro

Brasil investiga dez mortes suspeitas por hepatite misteriosa

Crédito: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Pelo menos 19 estados têm registros de pacientes com sintomas da doença (Crédito: Tânia Rêgo / Agência Brasil )



O Ministério da Saúde está investigando dez mortes suspeitas por hepatite de origem desconhecida, a hepatite misteriosa, nos estados do Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Maranhão, Rio de Janeiro e São Paulo.

Ao todo no país, são 96 casos suspeitos e dez transplantes foram realizados. Pelo menos 19 estados têm registros de pacientes com sintomas da doença, informa a Folha de São Paulo. O governo não confirma que há casos da doença no país.

O Estado de São Paulo tem 32 casos em investigação, em 21 cidades, quatro da região metropolitana (Diadema, Embu-Guaçu, Itapevi e São Bernardo do Campo).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), há 920 casos prováveis da doença em 33 países, além de 18 mortes e 45 transplantes.




Segundo especialistas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a hepatite é uma inflamação do fígado por causas diversas, as mais frequentes as infecções pelos vírus tipo A, B e C e o abuso do consumo de álcool ou outras substâncias tóxicas, como alguns remédios.

“Na maioria dos casos, a hepatite é causada por uma infecção viral, e existem diferentes vírus reconhecidos como agentes causadores da doença”, diz nota da Universidade.

Covid-19: vacinação com a quarta dose no Rio não chega a 40%


O diagnóstico é realizado por exame de sangue. Os sintomas são gastrointestinais, como diarreia ou vômito, febre e dores musculares, mas o mais característico é a icterícia – uma coloração amarelada da pele e dos olhos. Outros sintomas são fezes amareladas, cinzentas e esbranquiçadas, urina escura, dor na região superior da barriga e perda de apetite.

A transmissão pode ser fecal-oral, por contato entre indivíduos ou por meio de água, ou alimentos contaminados. Também pode ocorrer por relações sexuais sem preservativo com pessoa infectada, da mãe infectada para o filho durante a gestação, parto ou amamentação e pelo compartilhamento de objetos contaminados, como uso de materiais não esterilizados para fazer tatuagens, piercings ou para fazer a unha.

Há casos de transmissão por contato com sangue contaminado, seja por transfusão de sangue, acidente com material contaminado ou compartilhamento de drogas injetáveis.

A hepatite também pode ser consequência do abuso de álcool, drogas ilícitas e medicamentos ou ser consequência de doenças autoimunes. O tratamento depende da causa da doença, gravidade dos sintomas e forma de contágio.

No caso da hepatite misteriosa, o agente causador não foi identificado. A agência de saúde britânica e a OMS investigam se uma mudança no genoma do adenovírus pode ser a causa da doença. A relação com Covid-19 não foi descartada, pois o Sars-CoV-2 foi encontrado em amostras de pessoas doentes.






Tópicos

abuso de álcool adenovírus adenovírus 41 Alerta Nacional alimentos contaminados autoridades de saúde dos Estados Unidos Brasil casos hepatite misteriosa casos hepatite misteriosa Brasil casos hepatite misteriosa mundo casos suspeito hepatite de crianças Causa hepatite crianças CDC Centro de Controle e Prevenção de Doenças como a pessoa pega hepatite? covid Covid-19 crianças crianças com hepatite danos ao fígado Diadema Distanciamento social doenças infecciosas drogas ilícitas Embu-Guaçu EUA fatores de risco fígado hepatite hepatite adenovírus Hepatite adolescentes HEPATITE AGUDA/CRIANÇAS/CASO Hepatite covid-19 Hepatite crianças hepatite grave hepatite grave de origem desconhecida hepatite grave em crianças hepatite misteriosa hepatite misteriosa adolescentes hepatite misteriosa Brasil hepatite misteriosa casos hepatite nos alimentos hepatite pediátrica infância infecção Infecção por adenovírus infecção por Covid infecções insuficiência hepática Itapevi Jay Butler Maranhão medicamentos médicos Minas Gerais Ministério da Saúde ministério da saúde hepatite misteriosa mitigação da pandemia morango morango com hepatite morango contaminado morango contaminado faz mal? morango podre Morte hepatite crianças Brasil Morte hepatite crianças EUA Morte hepatite crianças Europa morte hepatite em crianças mortes mortes suspeitas por hepatite de origem desconhecida o que é a hepatite misteriosa? OMS organização mundial da saúde pandemia patógenos resfriado Rio de Janeiro Rio Grande do Norte São Bernardo do Campo SARS-CoV-2 Saúde Pública sintomas hepatite taxa de hepatite pediátrica teleconferência territórios norte-americanos tipo de adenovírus tratamento hepatite Unifesp Universidade Federal de São Paulo vice-diretor do CDC para doenças infecciosas vírus vírus comum na infância vírus da hepatite vírus em alimentos