Edição nº 1138 16.09 Ver ediçõs anteriores

Brasil caminha para ser um dos maiores em energia limpa

Brasil caminha para ser um dos maiores em energia limpa

O Brasil entrou para o mapa global das energias renováveis. Segundo números divulgados pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), com base nos anos de 2017 e 2018, o País já faz parte para o clube das 10 maiores nações em termos de aumento de capacidade instalada. Já são mais de 2,5 GW em funcionamento, quase 2 GW em plantas de grande porte e 0,5 GW em placas distribuídas pelos telhados e estacionamentos do país. De acordo com projetos já contratados em leilões no mercado regulado de energia elétrica, pelo menos R$ 21,3 bilhões serão investidos pela iniciativa privada até 2022, o que adicionará mais 3,7 GW de potência instalada às usinas solares brasileiras. Um sinal de que o Brasil será possivelmente um dos maiores propulsores de energias limpas no mundo.

(Nota publicada na Edição 1115 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Ibama corta 22% das ações de fiscalização previstas

Até os mais desatentos conseguem notar que o meio ambiente não é uma prioridade do governo de Jair Bolsonaro. O descaso, personificado [...]

Projeto apoiado pela Sodexo é finalista de premiação na ONU

A Sodexo, por meio do Instituto Stop Hunger, organização sem fins lucrativos criada e mantida pela companhia para combater a fome e a [...]

Ainda falta muito para ficar bom

As empresas brasileiras ainda têm um longo caminho a percorrer em temas como diversidade racial e meio ambiente. Essa é uma das [...]

CPFL Energia planta 14 mil árvores em projeto de arborização

Sabe aquelas árvores que causam riscos à rede elétrica, esgoto, telefonia, calçamento e iluminação pública? A CPFL Energia resolveu [...]

Demanda aquecida faz produção de orgânicos disparar

O clamor dos brasileiros por uma alimentação mais saudável e sem agrotóxicos tem surtido efeito nas lavouras do País. Em menos de uma [...]
Ver mais