Giro

Brasil autoriza Elon Musk a operar satélites de baixa órbita no país

Crédito: Reprodução/Pixabay

O sistema Starlink criado por Musk consiste em uma constelação de 4.408 satélites de baixa órbita que permitem oferecer internet a locais remotos (Crédito: Reprodução/Pixabay)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concedeu nesta sexta-feira (28) direitos de exploração de satélites às empresas SpaceX, fundada por Elon Musk, e Swarm, que no ano passado chegaram a um acordo para se juntarem.

Num comunicado, a Anatel frisou que autorizou a operação no país do sistema Starlink criado por Musk, que consiste em uma constelação de 4.408 satélites de baixa órbita que permitem oferecer internet a locais remotos. A licença concedida à SpaceX se estende até 28 de março de 2027, conforme informado pela Anatel.



+ Elon Musk tem um problema! Os gatos gostam das antenas da Starlink

O diretor da Anatel, Emmanoel Capelo, frisou no mesmo comunicado que “é do interesse da empresa o provimento de acesso à internet em banda larga para clientes distribuídos em todo o território brasileiro, o que, certamente, será bastante oportuno para escolas, hospitais e outros estabelecimentos localizados em regiões rurais ou remotas.”

Por outro lado, a Anatel concedeu à Swarm, uma empresa emergente de conectividade via satélite, “direitos de exploração e uso de radiofrequências” até 7 de setembro de 2035.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


A Swarm, que em julho de 2021 chegou a um acordo para ingressar na SpaceX, também pretende, a médio prazo, colocar em operação a constelação Swarm, composta por 150 satélites em órbita não geoestacionária.

O sistema Starlink permite o acesso à rede por meio de pequenas antenas fáceis de instalar em qualquer lugar onde os provedores regulares de internet não alcançam. Nos Estados Unidos, o equipamento custa cerca de 500 dólares (cerca de 2.600 reais) e a mensalidade é de 99 dólares (cerca de 530 reais).




Tópicos

ações ações tesla assistência ao motorista da Tesla Austin Russell balanço do quarto trimestre câmeras carros Carros Tesla CEO da Tesla Motors companhias de software direção autônoma direção autônoma total direção completamente autônoma direção sem motorista dispensar totalmente um motorista eliminar tarefas perigosas Elon Musk Elon Musk ações Elon Musk bolsa Elon Musk cargo tesla Elon Musk carreira Elon Musk cidadania Elon Musk dicas Elon Musk dicas de ganhar dinheiro Elon Musk dicas de trabalho elon musk empresas elon musk esposa elon musk filhos Elon Musk inovação Elon Musk invenções Elon Musk livros Elon Musk milionário Elon Musk negócios Elon Musk origem Elon Musk parceitos elon musk participação tesla elon musk quantas empresas elon musk sócios Elon Musk testa valor elon musk venda 10% ações tesla elon musk vende mais ações Equipamento de capital escassez de mão de obra frotas de robotáxis humanos Inteligência Artificial mão de obra motorista humano motoristas de carros da Tesla mundo de humanos musk negócio de veículos Optimus Philip Koopman presidente-executivo presidente-executivo da fabricante de sistemas lidar Luminar professor da Universidade Carnegie Mellon professor de engenharia elétrica e de computação da Universidade Carnegie Mellon qual a fortuna de Elon Musk? Quantas ações da Tesla tem Elon Musk? quanto custa uma ação da Tesla? radar Raj Rajkumar reguladores de segurança automotiva dos Estados Unidos robô humanóide Robôs Robôs humanóides robotaxi segurança de veículos autônomos software de direção autônoma softwares tarefas perigosas Tesla tesla ações tesla bot tesla lançamentos Tesla o que faz? TEsla quanto vale? trabalho Updated utilidade de um veículo veículos de emergência venda Waymo