Negócios

Bradesco afirma que está em conversas iniciais sobre operação envolvendo a Elo

O Bradesco respondeu um ofício enviado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), motivado por matéria do Valor Econômico, informando que ainda está em conversas iniciais sobre uma oferta ou venda da bandeira de cartões Elo. O banco afirmou que “está sempre atento a oportunidades de negócios e investimentos”.

“Qualquer decisão envolvendo o assunto será comunicada às bolsas e à CVM, quando for o caso, nos termos da regulamentação aplicável”, diz, em nota, o Bradesco.

Na matéria, o Valor noticiou que, em um primeiro momento, Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal estariam analisando realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Elo, mas também poderiam vender a empresa para uma concorrente, provavelmente do cenário internacional.

A Elopar, joint venture formada por Bradesco e BB, que detêm 50,01% e 49,99% de participação, respectivamente, controla a bandeira Elo, com 56,969% de participação. O restante fica com a Caixa (36,889%) e com o Bradesco diretamente (6,142%).

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?