Economia

‘BR do Mar’ deve perder urgência na Câmara

Aposta do governo para incentivar o transporte de cabotagem (navegação costeira entre portos brasileiros), o projeto de lei conhecido como BR do Mar deve perder o status de urgência na Câmara dos Deputados. A proposta foi encaminhada pelo Executivo em meados de agosto com essa condição, ou seja, se não for votada em 45 dias pelos deputados, passa a trancar a pauta legislativa. O prazo final acaba amanhã, mas o projeto ainda não tem nem relator.

Mesmo diante desse cenário, o martelo sobre a retirada do pedido de urgência ainda será batido. “Há a sensibilidade do governo em não gerar mal estar com o Congresso, entretanto ainda não há consenso quanto a retirada”, disse o secretário nacional de Portos do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni.

Principal responsável pelo texto – desenhado desde o ano passado -, o Ministério da Infraestrutura não entende a situação como uma derrota. A avaliação é de que as discussões sobre o projeto estão caminhando, com expectativa de aprovação pelas duas Casas até o fim do ano.

Para auxiliares do ministro Tarcísio de Freitas, foi a própria dinâmica do Parlamento – com votações de enfrentamento à covid, além do calendário das eleições municipais – que impactou no andamento do projeto.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?