Negócios

BR Distribuidora recebe decisão judicial liminar que suspende PDO

A BR Distribuidora informou que recebeu intimação de decisão judicial liminar suspendendo o Programa de Desligamento Optativo (PDO). O pedido foi feito pelo Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios e Derivados de Petróleo do Estado do Rio de Janeiro (Sitramico-RJ) e a decisão proferida pela 67ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Segundo a empresa, a decisão ainda tem caráter liminar, não definitivo. A companhia ressalta que está “tomando todas as providências cabíveis pelos meios legais e éticos com o objetivo de assegurar os direitos dos funcionários que já se inscreveram no programa, conforme sua opção livre e individual e dentro de seus planos pessoais futuros”.

As adesões ao plano estiveram abertas entre os dias 12 e 19 de novembro, com desligamentos previstos para acontecerem no dia 10 de dezembro.

O plano ficou conhecido pelo mercado no dia 8 de novembro.

O PDO faz parte do Plano de Transformação Organizacional da companhia, cuja implantação da nova estrutura organizacional acontecerá a partir de 1º de janeiro.