Giro

Bougainville vota a favor da independência de Papua Nova Guiné em referendo

Bougainville vota a favor da independência de Papua Nova Guiné em referendo

(Arquivo) Moradores de Bougainville na fila da Papua Nova Guiné para votar no referendo da independência em 25 de novembro de 2019 em Buka - AFP/Arquivos

Os eleitores da ilha de Bougainville votaram por ampla maioria a favor da independência de seu território de Papua Nova Guiné, segundo os resultados oficiais do referendo publicados nesta quarta-feira.

Bertie Ahern, presidente da Comissão de Referendos de Bougainville, anunciou que 176.928 eleitores votaram a favor da independência, ou seja, mais de de 98% dos participantes.

Apenas 3.043 pessoas votaram por mais autonomia.

O resultado do referendo deve ser ratificado pelo Parlamento de Papua Nova Guiné, embora alguns deputados expressem oposição veemente à independência, pelo temor de um efeito contágio em um país com forte diversidade étnica.

A dimensão da vitória dos partidários da independência, no entanto, deve pesar a favor do reconhecimento do referendo.

Ahern fez um apelo para que todas as partes validem o resultado da consulta.

“A votação aconteceu por sua paz, sua história e seu futuro. E mostrou o poder da caneta sobre as armas”, declarou.

A votação histórica deve permitir encerrar um processo de paz de décadas, após o conflito armado que deixou 20.000 mortos antes do cessar-fogo de 1998.