Giro

Boris Johnson vai eliminar restrições por covid apesar das críticas no Reino Unido

Boris Johnson vai eliminar restrições por covid apesar das críticas no Reino Unido

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, visita hospital em Carlisle, norte da Inglaterra, em 14 de fevereiro de 2022 - POOL/AFP



O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pretende anunciar nesta segunda-feira (21) o fim das restrições para impedir a propagação da covid, com a mensagem de que chegou o momento de seguir adiante, apesar da oposição política e da relutância das autoridades de saúde.

Dois anos depois de a covid-19 provocar a crise mais grave em várias gerações no país, Johnson apresentará seu plano ao Parlamento. Nem mesmo o anúncio, no domingo, de que a rainha Elizabeth II testou positivo para o coronavírus fez o primeiro-ministro mudar de ideia.

A monarca de 95 anos tem um quadro leve, com sintomas parecidos com os de um resfriado. O Palácio Buckingham informou que ela cumprirá tarefas leves durante a semana.

+ Reino Unido retira embaixada ucraniana de Kiev e pede que cidadãos saiam do país



Os partidos de oposição acusam Johnson de querer distrair a atenção, no momento em que seu cargo está em perigo pela investigação sobre uma série de festas na residência oficial de Downing Street durante o período de confinamento.

Ele também é acusado de querer agradar aos representantes conservadores que estão insatisfeitos com as restrições às liberdades públicas.

“Hoje marca um momento de orgulho depois de um dos períodos mais difíceis da história do nosso país, pois começamos a viver com a covid”, disse o líder conservador nesta segunda-feira, antes do conselho de ministros para aprovar o plano.


Johnson destacou que a pandemia não acabou, mas que, graças à “incrível” campanha de vacinação, o país está um passo mais próximo de “voltar à normalidade” e de “finalmente devolver a liberdade às pessoas”, sem abandonar a proteção.

De acordo com o plano, o governo pretende anunciar esta semana o fim da obrigação legal de autoisolamento das pessoas quando infectadas.

Outros aspectos do plano incluem a delegação às autoridades locais da gestão de futuros surtos, com as medidas legais prévias e o fim dos testes gratuitos para detectar a covid.

– “Pouco sábio” –

A Confederação do NHS, que representa as principais autoridades do sistema nacional de saúde, afirmou que uma pesquisa interna mostrou que a maioria dos integrantes é contrária ao fim das medidas de isolamento e dos testes gratuitos à população.

O presidente-executivo da Confederação, Matthew Taylor, admitiu que o programa de vacinação do governo e a chegada de novos tratamentos contra a covid oferecem uma “verdadeira esperança”.

“Mas o governo não pode chegar, balançar uma varinha mágica e agir como se a ameaça tivesse desaparecido por completo”, acrescentou.

David Nabarro, delegado da Organização Mundial da Saúde (OMS) especializado em covid, afirmou que eliminar a lei sobre o isolamento dos infectados parece “realmente pouco sábio”.

O Reino Unido registrou uma das piores taxas de morte per capita da pandemia.

“Realmente, me preocupa que o Reino Unido esteja adotando esta linha que vai contra o consenso de saúde pública e que outros países afirmem: ‘Bem, se o Reino Unido está fazendo, então por que não nós?”, disse Nabarro.

A oposição trabalhista afirmou que a medida de eliminar os testes gratuitos é como “substituir seu melhor zagueiro 10 minutos antes do fim de uma partida”.

“Boris Johnson está declarando vitória antes do fim da guerra, em uma tentativa de distrair a atenção da polícia que bate a sua porta”, criticou a porta-voz de questões de saúde do Partido Trabalhista, Wes Streeting.







Tópicos

Alemanha covid recorde Alemanha covid surto negacionismo Alemanha maior número de mortes alemanhã não vacinados Alemanha novo surto covid Alemanha pandemia merkel dramática Alemanha pandemia negacionismo Alemanha recorde de mortos Alemanha recorde diário Alemanha surto covid Alemanha vacinação obrigatória 2021 Anvisa restrições voos áfrica Áustria confinamento não vacinados austria lockdown não vacinados Biden descarta restrições biden EUA estímulo vacinação biden vacinação china casos covid norte China casos recorde covid dezembro 2021 china confina milhões china confinamento china confinamento 2021 China controle pandemia china coronavírus 2021 china covid china jogos de inverno 2021 china Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim-2022 china nova pandemia china novo foco pandemia china novo surto china pandemia china recorde 21 meses china restrições china surto de covid china volta da covid china volta da pandemia cientista britânica Sarah Gilbert nova pandmia Oxford astra zeneca coronavírus laboratório china coronavírus mercado de animais china covid europa novembro 2021 covid europa novos focos 2021 covid ressurge europa 2021 covid ressurge na europa EUa Fauci nova Variante Europa centro covid europa fim da pandemia europa surto covid fim da pandemia 2022 Holanda crise hospitais Holanda novo surto Israel fecha fronteira nova variante japão fim estado de emergência japão grandes eventos japão horário restaurantes Japão Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 pandemia Japão medidas de emergência Japão olimpíadas pandemia japão venda de bebidas alcoólicas jogos adiados reino unido moderna dose de reforço ômicron nova pandemia pode ser pior Astra Zeneca nova variante África do Sul impacto econômico Nova variante Brasil nova variante chega a austrália nova variante economia mundial nova variante ômicron ômicron restrições Europa onda covid Alemanha diminui pandemia balanço europa pandemia como começou pandemia coronavírus descoberta china Pandemia Europa 2021 pandemia futebol pandemia hoje 2021 pandemia médico brasileiro OMS pandemia novo surto pandemia OMS Carlos morel pandemia origens pandemia ressurge holanda pandemia ressurge na china pandemia ressurge na europa Pandemia Rússia 2021 por que a pandemia está voltando na china? presidente Biontech vacina ômicron putin covid ressurgimento pandemia China rio carnaval Rio de janeiro Pandemia Rio de janeiro Pandemia abertura Rio de janeiro Pandemia carnaval ingressos Rio de janeiro Pandemia eventos culturais Rio de janeiro Pandemia retomada Rio de janeiro Pandemia shoppings Rio distanciamento Rio onde comprar ingressos carnaval 2022 Rio restrições rio retomada russia recordes de casos rússia surto de covid 2021 vacinação Rússia 2021 vacinados rússica 2021