Giro

Boris Johnson sobre coronavírus: em 12 semanas podemos reverter esse curso


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, previu nesta quinta-feira, 19, que o país poderá reverter o atual crescimento do surto de coronavírus dentro de 12 semanas. Ele também informou que um primeiro paciente em solo britânico está sendo acompanhado de perto após ter sido submetido a medicamentos para tratar da doença. “Se fizermos o que foi recomendado, diminuiremos o pico (de incidência da covid-19)”, afirmou durante entrevista coletiva. Há três dias, ele tem concedido esse tipo de entrevista para comentar sobre as novidades e as ações do governo em relação à pandemia no país.

O premiê reforçou é que é preciso evitar viagens e contatos desnecessários, e também deixar de frequentar lugares como restaurantes, cafés e bares, entre outros, para evitar a disseminação do vírus, como já havia sugerido nos últimos dias. Ele voltou a estimular as pessoas para que, quando possível, trabalhem de casa e que os britânicos lavassem as mãos frequentemente. A partir de segunda-feira, a maior parte dos alunos não precisará mais ir às escolas. “Eu sei que é difícil e por isso só conseguiremos fazer isso juntos”, afirmou.