Giro

Bombardeio aéreo no Iêmen deixa 20 mortos, entre eles sete crianças

Bombardeio aéreo no Iêmen deixa 20 mortos, entre eles sete crianças

A cidade de Saná, no Iêmen, em 5 de agosto de 2020 - AFP

Um bombardeio aéreo ocorrido na quinta-feira provocou a morte de 20 pessoas, entre elas sete crianças, no norte do Iêmen, anunciaram os rebeldes huthis nesta sexta-feira (7).

O ataque aconteceu na província de Jawf, na parte nordeste da capital, Sanaa, controlada pelos rebeldes, conforme anunciou um dirigente dos serviços de saúde huthi.

Outro dirigente huthi informou à agência de notícias Saba, que apoia os rebeldes, que o ataque contra um comboio de quatro carros de civis causou a morte de 20 pessoas, “a maioria delas mulheres e crianças”, e que outras sete ficaram feridas.

Desde 2014, a guerra no Iêmen ocorre entre as forças pró-governo, apoiadas por uma coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, e os rebeldes huthis, apoiados pelo Irã.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?