Giro

Bolsonaro volta a dizer que Forças Armadas podem ir às ruas para “garantir a liberdade”

Bolsonaro volta a dizer que Forças Armadas podem ir às ruas para “garantir a liberdade”

Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta sexta-feira que as Forças Armadas poderão ir às ruas para “garantir a liberdade”, mas não o farão para fazer com que pessoas cumpram toques de recolher.

“Tenho as Forças Armadas ao meu lado. Sou o chefe supremo delas. Jamais elas irão às ruas para mantê-los em casa. Poderão, sim, um dia ir às ruas para garantir a sua liberdade e seu bem maior, que é aquilo previsto pela Constituição”, disse o presidente ao discursar em um evento no Espírito Santo.

Recentemente, Bolsonaro entrou com mais uma ação no Supremo Tribunal (STF) para tentar rever o poder de Estados e municípios de adotar medidas para combate à epidemia de Covid-19 no país, mas a ação ainda não foi julgada.

O presidente tem ameaçado editar um decreto proibindo ações de controle da pandemia como o fechamento do comércio e a instituição de toques de recolher, mas ainda não o fez.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5A13O-BASEIMAGE

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago