Política

Bolsonaro sinaliza que ex-ministro da Defesa pode ser convidado para o governo

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou nesta quarta-feira, 2, que o ex-ministro da Defesa general Joaquim Silva e Luna pode vir a ser convidado para um posto no governo dele. A declaração foi dada na transmissão de cargo na pasta, de Silva e Luna para o também general Fernando Azevedo e Silva.

“Pretendo usar o Silva e Luna, se for do interesse dele, no nosso governo. Ele não vai botar o pijama”, afirmou o presidente.

Bolsonaro fez ainda uma série de afagos ao antigo ocupante da pasta. Ele elogiou o trabalho do agora ex-ministro e disse que ele foi um dos responsáveis pela manutenção do prestígio das Forças Armadas junto à população.

De acordo com o presidente, as Forças Armadas são um obstáculo para os que querem usurpar poder.

Bolsonaro afirmou também que a “ingerência política levou à ineficácia e corrupção” em governos anteriores.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?