Economia

Bolsonaro: Nós respeitamos o teto de gastos e queremos responsabilidade fiscal

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Segundo o presidente, as lideranças do governo federal e do Congresso se empenharão para destravar a economia e "colocar Brasil no local que ele sempre mereceu estar" (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 12, em pronunciamento no Palácio da Alvorada, que lideranças tanto do Executivo quanto do Legislativo respeitam o teto de gastos e querem a preservação de responsabilidade fiscal. Apesar de presente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, não se pronunciou.

Ao lado dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), além de outros ministros do governo com quem esteve reunido antes de discursar, o presidente sustentou que o Brasil está “indo bem” no enfrentamento do novo coronavírus e será um dos países que “melhor reagirá à crise”, inclusive econômica.

+ Guedes acredita que conselheiros podem levar Bolsonaro a impeachment
+ Equipe econômica de Guedes sofre duas novas baixas 

“Assuntos variados foram tratados, como privatizações, outras reformas como a administrativa”, disse Bolsonaro. “Resolvemos, então, com essa reunião, direcionar as nossas forças para o bem comum daquilo que todos nós defendemos. Queremos progresso e desenvolvimento.”

Segundo o presidente, as lideranças do governo federal e do Congresso se empenharão para destravar a economia e “colocar Brasil no local que ele sempre mereceu estar”.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?