Política

Bolsonaro: Nós passamos, as instituições ficam

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 8, que a sociedade brasileira sempre contou com as Forças Armadas “nos momentos mais difíceis que a nação já viveu”. Ele ressaltou que as instituições são leais à população, além de permanentes. “Nós passamos, as instituições ficam”, disse. O chefe do Executivo também fez referência à pandemia da covid-19 e afirmou que “dias de glória surgirão”.

“A nossa população bem sabe que o nosso compromisso dentro das quatro linhas da constituição será cumprido”, disse em cerimônia para cumprimento de oficiais-generais das Forças Armadas promovidos. “O momento que vivemos passará, tenho certeza que dias de glória surgirão e nós poderemos dizer que cumprimos com o nosso dever. Nós passamos, as instituições ficam”, declarou Bolsonaro.

Acompanhado do vice-presidente Hamilton Mourão e ministros, o presidente participou da solenidade em que cumprimentou 57 oficiais-generais da Marinha, Exército e Aeronáutica promovidos. Os cumprimentos foram acompanhados pelos comandantes demitidos na semana passada Edson Leal Pujol (Exército), Ilques Barbosa Júnior (Marinha) e Antônio Carlos Bermudez (Aeronáutica), que ainda devem formalizar a transmissão de seus cargos.

A cerimônia foi realizada no Salão Nobre do Palácio do Planalto. O evento foi mais um dos realizados no Palácio com aglomerações em meio à pandemia da covid-19. Conforme o Estadão mostrou, o governo promoveu mais de 40 eventos do tipo no local desde o início da crise sanitária.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel