Economia

Bolsonaro diz, após reunião com Ross, que aproximação com EUA será benéfica

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que discutiu nesta quarta-feira, 31, com o secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, uma aproximação comercial entre EUA e Brasil. Pelo Twitter, o presidente afirmou que os dois países “estão em enorme sintonia” e que a maior proximidade será benéfica a americanos e brasileiros.

“Recebi hoje (quarta) o Secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross. Discutimos formas de aumentar a cooperação, o comércio e os investimentos entre nossos países, que estão em enorme sintonia. A aproximação entre Brasil e EUA trará grandes benefícios para nossos povos”, escreveu Bolsonaro.

Na terça, 30, o presidente americano, Donald Trump, disse que vai trabalhar por um acordo de livre comércio entre EUA e Brasil, tendo dito que “o Brasil é um grande parceiro comercial” que cobra muitas tarifas dos americanos, mas que ele gosta do País. Trump também elogiou o governo Bolsonaro. “O presidente brasileiro é um homem especial”, disse Trump.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança