Giro

Bolsonaro concedeu 1.682 declarações falsas em 2020, diz relatório

Crédito: Arquivo/ Agência Brasil - Marcelo Camargo

Bolsonaro emitiu uma média de 4,3 declarações falsas por dia em 2020, segundo a organização não-governamental Artigo-19 (Crédito: Arquivo/ Agência Brasil - Marcelo Camargo )

Em em 2020, o presidente Jair Bolsonaro emitiu 1.682 declarações falsas ou enganosas, uma média de 4,3 por dia. É o que diz o Relatório Global de Expressão da Artigo-19, organização não-governamental de defesa e promoção do direito à liberdade de expressão e acesso à informação em todo o mundo. No ano anterior, foram cerca de 500 declarações do tipo.

De acordo com o documento, nos últimos cinco anos, o Brasil deixou de figurar entre os países com os melhores índices de liberdade de expressão para ser considerado uma democracia em crise.

+ Bolsonaro convoca imprensa para apresentar supostas provas de fraudes em eleições passadas
+ ‘Governo se move pelo humor de Bolsonaro’, avalia Gass após troca ministerial

Ataque à imprensa



“Em relação à imprensa, foram registradas 464 declarações públicas feitas pelo Presidente da República, seus ministros ou assessores próximos que atacaram ou deslegitimaram jornalistas e o seu trabalho, nível de agressão pública que não é visto desde o fim da ditadura militar. As violações contra jornalistas e comunicadores somam 254 casos. Deles, quase 50% (123 violações) foram cometidos por agentes públicos, e 18% (46 casos) continham expressões racistas, sexistas ou LGBTQIA-fóbicas”, afirma Denise Dora, diretora-executiva da Artigo 19 no Brasil, em nota divulgada.

Liberdade de expressão

No ano passado, o Brasil registrou 52 pontos na escala de liberdade de expressão, que classifica os países em uma pontuação geral que vai de zero a cem, sendo zero a categoria de um país em crise na liberdade de expressão e cem a de total liberdade. Esta é a menor pontuação brasileira no indicador desde a primeira medição feita em 2010.

Segundo a Artigo 19, a publicação analisa e traz métricas quanto à liberdade de expressão em todo o mundo, refletindo sobre a garantia de direitos de jornalistas, da sociedade civil e de cada indivíduo de se expressar e se comunicar.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago