Economia

Bolsonaro: Boris Johnson quer acordo conosco para importar mantimentos em falta

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 23, que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, quer um acordo comercial emergencial com o Brasil para importar mantimentos em falta em solo britânico. Os dois se encontraram durante a 76ª Assembleia-geral das Nações Unidas, ocorrida nesta semana. “Essa batata passei para a (ministra da Agricultura) Tereza Cristina”, disse o chefe do Planalto em transmissão ao vivo nas redes sociais.

O encontro entre os dois líderes repercutiu nas redes sociais após Johnson recomendar a todos a vacina contra a covid-19 da AstraZeneca. Bolsonaro reagiu afirmando que não havia tomado nenhum imunizante. O presidente brasileiro é o único líder do G20 a se declarar não vacinado.

Ainda sobre sua viagem à ONU, marcada pelo discurso negacionista do presidente e pelo teste positivo para o novo coronavírus do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, Bolsonaro minimizou os protestos contra ele e disse que comeu pizza na calçada com ministros porque não cabiam cinco pessoas no local. Por não estar vacinado, o presidente não está autorizado a comer dentro de restaurantes em Nova York, de acordo com a legislação local.



Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km